Por que as mulheres são tão emocionais?

Por que as mulheres são tão emocionais?

A química do cérebro de uma mulher é diferente da de um homem.

É assim que a natureza funciona e quando você olha para ela de uma perspectiva mais ampla, você verá que as diferenças entre homens e mulheres são uma coisa boa para este mundo e também para você como um homem individual.

O efeito feminino

Por que as mulheres são tão emocionais?

De um modo geral, os homens não dão tanta importância às coisas que as mulheres tendem a se emocionar.

Por exemplo: um homem pode ver que alguém está sentindo uma emoção dolorosa, mas não sentirá uma necessidade instintiva de confortar essa pessoa como uma mulher sentiria.

Enquanto ele estiver atingindo seus objetivos ou conseguindo o que deseja, ele pode fechar os olhos e não se importar.

Estou falando em termos gerais aqui, é claro.

Muitos homens pensam, sentem e se comportam como as mulheres.

Não é disso que estou falando aqui.

Estou falando sobre as diferenças gerais entre homens masculinos (ou seja, homens que não são como mulheres) e mulheres femininas.

Então, de volta ao exemplo ...

Embora um homem típico não se importe realmente com as emoções dolorosas de outras pessoas, uma mulher tende a sentir pena da pessoa e querer fazer algo a respeito.

Claro, estou dizendo 'de modo geral' aqui porque existem algumas mulheres malvadas e sem coração por aí que não se importam com ninguém.

No entanto, na maior parte do tempo, o que você descobrirá é que as mulheres são muito mais compassivas e atenciosas do que a maioria dos homens.

É em parte por causa de tantas mulheres dizendo:'Ei, isso não é justo!'sobre tantas coisas que o mundo moderno se tornou tão tolerante e livre.

Antes que as mulheres tivessem voz na sociedade, os homens governavam o mundo e basicamente matavam qualquer pessoa que não acreditasse no que eles faziam.

Protesto de mistura de raça

Claro, sempre houve homens bons, amorosos, atenciosos e sensíveis que lutaram por mudanças, tolerância e amor.

No entanto, na maior parte, quando eram apenas os homens governando o mundo, havia menos compaixão, tolerância e amor pelos outros seres humanos.

Se você olhar para trás na história, verá que os homens lideraram o protesto contra a mistura de raças, homens espancaram homossexuais e homens atacaram e até mataram pessoas de diferentes raças.

Claro, algumas mulheres se envolveram e apoiaram esses homens, mas em quase todos os casos, as mulheres nunca abriram caminho para a violência e a intolerância.

De um modo geral, as mulheres são conectadas de maneira diferente dos homens e, como resultado, veem as coisas de uma perspectiva diferente e tendem a pensar, sentir, se comportar e agir de maneira diferente.

As mulheres se deixam levar pelas coisas ruins que os homens fazem.

Pense no que aconteceu com a Alemanha nazista.

As mulheres apoiaram o que estava acontecendo.

No entanto, eles não o iniciaram.

As mulheres tendem a concordar com o que os homens estão fazendo, a menos que as mulheres tenham uma voz respeitada na sociedade.

Pense em como as mulheres ajudaram a mudar o ambiente de trabalho.

Antes de as mulheres entrarem no mercado de trabalho, quase todos os gerentes e chefes eram homens e eles tendiam a dirigir suas empresas como máquinas.

Os funcionários essencialmente não tinham direitos e os chefes e gerentes não se importavam se as coisas não fossem justas para eles.

Contanto que muitos funcionários não morressem no trabalho, estava tudo bem.

No entanto, quando as mulheres ingressaram na força de trabalho e se tornaram respeitadas, elas começaram a lutar por justiça, cuidado, amor, respeito e um ambiente mais familiar.

Isso não significa que as mulheres são melhores do que os homens.

Apenas diferente.

O efeito feminino

Todas as mudanças que as mulheres ajudaram a realizar nos últimos 200 anos são o que chamo de efeito feminino na sociedade.

É uma coisa poderosa e muito disso tem a ver com o fato de que o cérebro da mulher é conectado de forma diferente ao do homem.

Ela tem uma química cerebral diferente, o que a faz pensar, sentir, se comportar e agir de maneira diferente de um homem.

Sem o efeito feminino, a vida seria muito mais fria, cruel e cruel.

Isso não significa que as mulheres são melhores do que os homens.

Significa apenas que as mulheres são tão importantes quanto os homens neste mundo.

Os homens chegaram a um certo ponto do mundo, as mulheres se juntaram como líderes e agora estamos desenvolvendo o mundo juntos.

Os homens sempre foram importantes e ainda são.

Por exemplo: se não fosse para os homens, você não estaria lendo este artigo agora no computador ou dispositivo portátil que está olhando.

As mulheres não inventaram computadores, inventaram carros e aviões ou construíram grandes negócios internacionais.

Os homens fizeram tudo isso e agora as mulheres podem participar e adicionar o efeito feminino.

Homens e mulheres são tão importantes quanto uns aos outros e ambos temos um papel fundamental a desempenhar no mundo e em nossos relacionamentos pessoais.

Por exemplo: Como homem, você deve garantir que permite que sua mulher pense, se comporte e aja como uma mulher feminina.

Ela pode estar acostumada a agir de uma forma mais masculina para se sair bem em sua carreira ou lidar com a vida moderna, mas quando em um relacionamento sexual romântico, ela ainda quer um homem que tenha a capacidade de fazê-la se sentir uma mulher de verdade ( ou seja, feminino, feminino, livre para ser emocional).

Então, trazendo tudo de volta ao título deste artigo,“Por que as mulheres são tão emocionais?”vamos deixar algo bem claro agora ...

Sempre olhe para as mulheres como sendo diferentes dos homens.

Mulheres não são homens.

Muitas mulheres modernas podem agir como homens hoje em dia, mas não são homens.

As mulheres ainda são mulheres e para ter um relacionamento bem-sucedido com uma mulher é preciso lembrar e aplicar isso.

Por exemplo: Alguns caras ficam irritados com as explosões emocionais de uma mulher e exigem que ela essencialmente pense, sinta, se comporte e aja mais como ele (ou seja, um homem).

Não é isso que uma mulher quer.

Uma mulher quer se sentir livre para ser mulher (ou seja, feminina, feminina, emocional) em vez de ter que assumir uma energia e uma abordagem mais masculinas em seu relacionamento com um homem.

Então, em termos de uma mulher ser emocional, você apenas tem que aceitar que ela terá suas explosões emocionais às vezes porque essa é a natureza dela.

As mulheres são diferentes dos homens.

Ela não será exatamente como você e está tudo bem.

Não tente fazer com que ela seja como você.

Ela não vai ser um homem para você.

Aceite as explosões emocionais como parte de sua feminilidade.

A explosão emocional

Explosão emocional

Se você tem se perguntado ultimamente,“Por que as mulheres são tão emocionais?”então você provavelmente já sofreu uma explosão emocional de uma mulher que simplesmente não parece fazer sentido para você.

Uma mulher se emocionando com um homem geralmente é sua maneira de testá-lo e forçá-lo a crescer, mudar e evoluir, em vez de apenas ficar onde está agora.

Tudo no universo está em constante estado de mudança, mesmo que essa mudança aconteça durante longos períodos de tempo.

A forma como a vida é projetada é que nos força a fazer algo, em vez de estagnar e ser a mesma coisa para sempre.

Ou você segue o fluxo ou o fluxo o devora e o cospe para fora.

É da natureza da mulher não permitir que os homens fiquem complacentes.

Por exemplo: Em um minuto, uma mulher dirá:“Eu te amo ... Eu só quero sentar no sofá e assistir TV com você para sempre”e um ou dois dias depois, ela dirá,“Estou entediado ... por que você quer assistir tanto à TV? Você é tão preguiçoso! Eu odeio minha vida.'

Para um homem, não faz muito sentido por que uma mulher mudaria de ideia tão facilmente para ser tão feliz em um minuto e tão entediada no próximo.

No entanto, essa é a programação natural das mulheres.

As mulheres são feitas para serem inquietas, e é por isso que os monges religiosos sempre foram homens.

É claro que as freiras católicas são uma exceção, mas isso era algo imposto às mulheres nos tempos antigos, em vez de ser algo a que todas aspiravam.

Sei disso pessoalmente porque minha mãe foi mandada embora para ser freira na Irlanda quando era adolescente.

Ela odiava e estava sempre se rebelando contra o sistema.

Ela estava inquieta e não queria viver uma vida de servidão silenciosa.

Ela queria ser livre para ser uma mulher, uma mãe e tudo o mais que veio junto com isso.

Se você olhar para os monges religiosos ao redor do mundo, verá que, ao longo da história, quase sempre foram os homens fazendo isso.

A maioria das mulheres não conseguia pensar em nada pior do que ter que sentar-se com seus pensamentos para sempre.

Por outro lado, muitos homens adoravam ficar sozinhos com seus pensamentos para refletir sobre o lado mais profundo e complicado da vida.

Era uma vida digna viver como homem.

Como as mulheres eram tão oprimidas e careciam de direitos, muitas vezes se submetiam a uma vida de servidão como freiras e gostavam dela.

No entanto, nunca foi o caso de mulheres levando a humanidade ao celibato ou ao isolamento social.

Esse foi o efeito masculino na sociedade naquela época.

Claro que não.

O mundo de hoje é menos sobre filosofia e mais sobre fazer.

Há tantas coisas a fazer, tantas possibilidades e tantas opções que estar sozinho e se dedicar a uma religião simplesmente não acontece mais no mundo desenvolvido.

Uma das maiores alegrias dos homens é consertar problemas.

É um processo gratificante para um homem ver um problema, trabalhar nele e então corrigi-lo.

Daí porque quase tudo foi inventado por homens e porque a maioria dos homens trabalha em empregos de consertador (por exemplo, encanador, mecânico, engenheiro).

Claro, as mulheres feministas que estão lendo isso não vão gostar do que estou dizendo porque tendem a querer ser iguais aos homens.

No entanto, é assim que a vida é.

As mulheres são diferentes dos homens.

Mulheres não são homens.

Algumas mulheres são como homens e algumas querem ser homens, mas as mulheres são mulheres.

Em termos de homens serem os inventores e consertadores (até recentemente, onde as mulheres se envolveram e se tornaram líderes e transformadoras), é apenas como a natureza atuou.

Ao longo da história e até hoje, a maioria das mulheres quer apenas usar a coisa fixa ou a tecnologia inventada, ao invés de consertá-la ou criá-la elas mesmas.

De modo geral, as mulheres não querem perder muito tempo pensando em soluções, e é por isso que aproximadamente 80% dos engenheiros são homens.

Os 20% das mulheres que são engenheiras têm uma mente mais masculina (por exemplo, lésbica butch, transgênero) ou foram criadas por um pai que nunca teve filhos e mostrou mais amor por sua filha quando ela pensava, se comportava e agia como um cara.

Mulheres feministas não vão gostar de ler isso, mas é assim que as coisas funcionam.

A maioria das mulheres não quer pensar, sentir, se comportar e agir como homens.

A maioria das mulheres quer apenas ser mulher e, em muitos casos, isso envolve uma mulher ser mais emocional e emocionalmente sensível do que um homem.

As mulheres modernas podem agir como se fossem tão duras e emocionalmente à prova de balas quanto os homens masculinos, mas a maioria delas não é.

Por exemplo:

  • As mulheres sofrem de depressão duas vezes mais que os homens nos EUA.
  • No Reino Unido, 40% das mulheres necessitarão de tratamento para depressão em algum momento de suas vidas, em comparação com apenas 10% dos homens. Em outras palavras, as mulheres são mais deprimidas do que os homens.
  • As mulheres têm duas vezes mais chances de sentir ansiedade em comparação aos homens.
  • 60% das pessoas que têm TOC (transtorno obsessivo-compulsivo) e fobias são mulheres.
  • A maioria das mulheres está insegura quanto à sua aparência física. De acordo com um estudo global conduzido pela Dove Cosméticos, 96% das mulheres não se consideram bonitas.

As estatísticas acima mostram que, embora as mulheres sejam agora uma parte ativa da liderança da sociedade moderna, elas não são tão fortes quanto parecem ser na superfície.

Então, é natural que uma mulher tenda a ser mais emocional do que um homem.

Muitas mulheres agem como se fossem tão fortes quanto os homens, mas as estatísticas não mentem.

As mulheres são mais sensíveis emocionalmente do que os homens e, como resultado, são mais emocionais do que os homens (em geral, é claro).

Hoje em dia, muitos caras têm adotado uma abordagem mais feminina para a vida e, como resultado, eles estão encontrando dificuldades para atrair mulheres para um relacionamento ou mantê-las em um relacionamento.